PSD Cartaxo contra aumento de impostos no vinho

11/10/2016

Uvas

O PSD Cartaxo está contra o aumento de impostos para o vinho, que vem sendo noticiado por diversos órgãos de comunicação social, que afirmam que o Governo se encontra a negociar este aumento com os parceiros de esquerda (CDU e BE).

Em comunicado, o PSD Cartaxo lembra que “o vinho encontra-se já sujeito ao IABA (Imposto sobre o Álcool e Bebidas Alcoólicas) beneficiando de uma taxa nula – uma prática que é comum na generalidade dos países produtores de vinho”.

O comunicado acrescenta que “esta notícia foi recebida pelos agentes do setor do vinho com bastante preocupação, pois, a concretizar-se, irá afetar de forma brutal a sua atividade, desde o pequeno ao maior produtor”, e considera que “numa altura em que as empresas e as cooperativas se encontram a fazer um enorme esforço de investimento para manter e alargar os seus negócios, nomeadamente para a exportação, a possibilidade do aumento deste imposto é incompreensível”.

Os sociais-democratas recordam que o concelho do Cartaxo “possui um conjunto de pequenos e médios produtores de vinho que irão ver os seus negócios afetados com o aumento deste imposto”, podendo mesmo levar ao encerramento de negócios.

Além disso, referem que o setor do vinho “é uma área económica com bastante relevância no concelho do Cartaxo, empregando centenas de trabalhadores e levando o nome do Cartaxo além-fronteiras”.

Por isso, o PSD diz não compreender “o silêncio do presidente da Câmara do Cartaxo sobre esta matéria! Ainda para mais, quando Pedro Ribeiro acumula também a presidência da Associação de Municípios Portugueses do Vinho!”, uma vez que as associações representativas do setor do vinho e algumas autarquias já tomaram posição, “colocando-se ao lado dos produtores contra a possibilidade do aumento de impostos para o setor”.

Canal de Vídeo

Newsletter

Agenda